Dente de Leão

A planta que aparece nos nossos terrenos não cultivados e nas bordas dos caminhos, e que numa determinada altura da sua vida nos apresenta uma florzinha amarela, chama-se Dente de Leão. Algumas pessoas conhecem-na pelo nome de Taráxaco.

Na altura em que as flores mudam do seu habitual amarelo para a semente branca/cinza, se for soprada ela desfaz-se toda com facilidade. As sementes são levadas pelo vento, espalham-se e, no período certo, florescem de novo.

Dente de Leão

Dente de Leão

Há quem diga que ao soprar uma pétala da flor deve-se fazer um pedido sobre o amor ambicionado. Se o vento trouxer de volta a pétala é sinal de que o desejo será brevemente realizado.

Dente de Leão

A planta Dente-de-leão é muito apreciada pelos seus efeitos medicinais. O chá favorece a digestão e alivia a prisão-de-ventre. É utilizado para purificar o sangue, e no tratamento de problemas de fígado e vesícula. Além de tudo isto o chá de dente-de-leão emagrece e desintoxica organismo.

O chá é feito com a erva seca, por três minutos em infusão na água acabada de ferver.

Para quem pretende emagrecer, o ideal é que sejam tomadas até cinco chávenas de chá por dia, podendo juntar canela, gengibre, limão ou hortelã.

Por ter conhecidas propriedades medicinais esta planta tem vindo a ser muito utilizada em medicina natural, mas agora os cientistas descobriram que a raiz mata células cancerosas sem quaisquer outros efeitos nocivos para as células normais do corpo.

Numa pesquisa, trabalhando com amostras de sangue da leucemia e extrato de raiz de dente-de-leão, os cientistas descobriram que as células da leucemia foram forçadas ao suicídio celular, e o mais incrível foi o facto de as celulas não cancerosas terem sido totalmente preservadas.

A equipe de investigação solicitou autorização para prosseguir com uma fase de ensaios clinicos, o que significa uma nova esperança para doentes oncológicos.

Dente-de-Leão também se usa como alimento, e todas as partes desta planta podem ser utilizadas.

  • As folhas podem ser usadas cruas em saladas, cortadas em pedaços pequenos, dando preferência às folhas jovens e tenras que ainda não têm gosto amargo;
  • Em sumos ou cozidas como se fossem espinafres, refogadas com cebolas e temperos, etc.;
  • A planta pode ser usada inteira como diurético, para purificar o sangue, como laxativo e facilitador da digestão;
  • Da raiz, faz-se óleo de massagem, para tratar reumatismo e também artrite.

Para além do uso tradicional de dente-de-leão em Medicina Natural, nos dias que correm ela tem ainda outra utilidade, que nunca passaria pela cabeça dos nossos avós. Das suas raízes extrai-se borracha que é utilizada no fabrico de pneus.

 

Esta entrada foi publicada em Plantas que curam. ligação permanente.

Uma resposta a Dente de Leão

  1. joao soares diz:

    Taráxoco dente-de-leão são nomes comuns em todo o país do Taraxacum officinale.

    Gostar

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s