Flores Comestíveis

A Primavera é a estação das flores, que admiramos pela sua beleza e pelo seu perfume mas, nos dias que vão correndo, para além do seu efeito estético as flores são também utilizadas em culinária.

Usar as flores na nossa alimentação implica o conhecimento das espécies. É de extrema importância saber distinguir as flores comestíveis das restantes.

Apanhar flores comestíveis no meio da natureza é uma actividade que pode ser comparada à colheita de cogumelos, há que saber conhecer as espécies perigosas.

Vamos esquecer as papoilas, os lírios, os cravos, as hortênsias e os malmequeres. Essas não se podem comer. A nossa atenção vai as flores do campo que para além de nos presentearem com sua beleza e outros benefícios, também nos podem servir como alimento.

Mas não basta à flor ser comestível, é necessário também que cresça longe de fontes de poluição. A colheita deve ser realizada de manhã e de preferência com tempo seco.

Para as espécies em que apenas as pétalas são comestíveis, como por exemplo a camomila, cravinas, gerânio e rosa, devem separar-se as pétalas das restantes partes da flor para evitar reações alérgicas ao pólen, e lavar por imersão em água não muito fria, secando e escorrendo em papel absorvente.

As restantes flores, que podem ser usadas completas, lavam-se e limpam-se de restos de caules e partes danificadas.

Utilização das flores em culinária

Em saladas de legumes ou de frutas: alfazema, amor-perfeito, borragem, cebolinho, coentro, couves, rosas, tomilho, etc.

Como guarnição em entradas: queijo fresco esmagado com flores de cebolinho ou coentro sobre tostas guarnecidas com pétalas e flores comestíveis.

Em cubos de gelo: colocar em cada forma uma flor ou pétalas com a face para baixo.

Em geleias: amor-perfeito, rosa.

Flores comestíveis que aparecem nas nossas serras

Borragem

Conhecemo-las pelo nome de “mézinhas”. As flores frescas têm um tom azul e, quando são mais velhas passam para rosadas. São usadas em saladas e decoração de bolos. Esta planta dá às saladas um sabor fresco, ligeiramente salgado e parecido com o do pepino. Tempera-se com endro e cebola.

As flores de Borragem podem ser adicionadas ao vinho e também podem entrar na composição de bebidas alcoólicas.

DSCN7744

 Camomila

Usada para decorar saladas e pratos, e também para fazer chá que é bastante conhecido por ajudar a dormir e para acalmar os nervos.

Apenas as pétalas destas flores são comestíveis. O pólen pode causar alergias.

Camomila

Camomila no Falgar

 Dente de Leão

Todas as partes destas plantas podem ser utilizadas. As folhas são colhidas na Primavera, até ao final de Maio e devem apanhar-se mal elas começam a despontar, porque enquanto são novas elas têm um sabor suave. As flores podem ser consumidas quando desabrocham e as raízes podem ser retiradas do solo no Outono e secas ao sol ou no forno para guardar para o Inverno.

As folhas podem ser usadas cruas em saladas, em sumos ou cozidas com com se fossem espinafres.

Dente de Leão ou Taráxaco

  Girassol

Os botões das flores podem ser cozidos e servidos como espargos. As flores ficam bem em em saladas.

Chão Falcão

Campo de Girassóis no Chão Falcão

 Rosas

Têm inúmeras utilizações. Com pétalas de rosas podemos fazer licor, geleia, gelado, compotas e doces, e ainda decorar bolos e saladas.

DSCN4751

  Erva de São Roberto

Esta planta é vulgarmente utilizada para fazer chá e é comprada seca para esse efeito, não se aproveitando o que a natureza nos dá… de borla.

Na primavera temos acesso à Erva de São Roberto fresca, que aparece nos campos que nos cercam e podemos usá-la para fazer sumos, saladas, esparregado, ou simplesmente fazer chá com a planta fresca.

Erva de São Roberto

 Flor de Malvas

As folhas das malvas podem ser comidas cruas, ou cozidas como vegetais. As flores são usadas em saladas.

As malvas acompanham bem as refeições com arroz, tortilhas, carnes e massas.

DSCN7914

Madressilva

Chamamos-lhe Maias e são muito apreciadas por causa do seu perfume. O que a gente faz geralmente é chupar o delicioso néctar das flores, sem comer as pétalas.

As flores têm um sabor doce, e são usadas em saladas de fruta, chá, xaropes e pudins. As bagas são tóxicas e não devem ser ingeridas.

DSCN7964

 Hortelã

As pequenas flores das várias espécies de hortelã são extremamente aromáticas e servem para decorar todo o tipo de pratos. Podem também ser acrescentadas em saladas verdes, saladas de frutas, morangos, mousse de chocolate ou bolo de chocolate.

Hortelã

Couves

Muitas vezes deixamos de aproveitar as couves depois de entrarem em floração, mas a verdade é que as suas flores podem ser usadas em saladas.

DSCN7816

Abóbora

As flores da abóbora têm um sabor doce e cortadas em fatias finas podem ser adicionadas a sopas, saladas, omeletes ou ovos mexidos.

Alecrim

O alecrim é uma erva muito usada na cozinha. Com ele se faz tempero para frango, molhos, omeletes, grelhados, etc.

DSCN4055

 

 

 

 
Esta entrada foi publicada em Plantas Silvestres com as etiquetas , . ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s