A Nossa História – Parte I

Construção

Em tempos muito antigos, as casas eram construídas só com pedras soltas. Depois começaram a ser rebocadas com uma mistura de areia e cal.

A areia vinha de um local a que chamavam “arieiro” e que ficava situado no monte onde estão os moinhos da cabeça, a meio da encosta, do lado que fica voltado para os Vales.

Nesta zona existia uma terra arenosa que se misturava com cal e era depois utilizada para fazer o reboco das paredes de pedra das casas de habitação. Era transportada nas golpelhas, em cima dos burros, até ao local da obra.

A água necessária à construção vinha da Fonte, e era acarretada pelas mulheres, em cântaros que transportavam à cabeça, ou nas cangalhas que colocavam em cima dos burros.

No filme em baixo, as fotos antigas a preto e branco, foram tiradas pelo professor Carlos Alberto Rosa Vieira, na década de 80, a pedido de Alfredo de Matos, com o objetivo de ilustrar o livro “Monografia de Alqueidão da Serra” da autoria de Alfredo de Matos.

O manuscrito deixado por Alfredo de Matos que faleceu em 1992, foi compilado e editado por João Gabriel numa edição em 2 volumes, trabalho terminado em 2010 que nunca chegou a ser publicado.

Antigamente as casas de habitação tinham por regra dois quartos, a casa de fora, a cozinha, uma pequena dispensa e um sótão. Logo em frente à porta  da cozinha estava o pátio e os palheiros dos animais.  Não existia casa de banho, nem água, nem luz.

O soalho era de madeira, e as paredes caiadas com cal. As arcas onde se guardavam os cereais também serviam de mobiliário, e por vezes até os mais pequenos dormiam em cima delas.

Nos quartos havia normalmente uma cama de ferro e colchão de camisas, e um lavatório.

Na casa de fora havia uma mesa ao centro com algumas cadeiras e um guarda-louça e arca.

A sala. Chamava-se Casa de Fora e era onde se recebia o Sr.Prior pela Páscoa

A sala. Chamava-se Casa de Fora e era onde se recebia o Sr.Prior pela Páscoa

Na cozinha havia a lareira, um armário com espaço próprio para os cântaros da água, e uma mesa com algumas cadeiras.

Com o passar do tempo os materiais e os métodos de construção foram evoluindo por forma a conseguir maior isolamento e maior conforto.

Apesar de existirem muitas construções com uma arquitetura moderna, também se vão recuperando algumas casas antigas. E ainda existem muitas por recuperar.

DSC03088

DSC02969 (2)

Esta entrada foi publicada em A Nossa História. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s