Mãos com Vida

Apesar das muitas limitações da idade, há pessoas que se recusam a ficar paradas sem fazer nada, porque, como diz a tia Adélia, “o tempo passa na mesma, portanto, temos que o passar com qualidade”.

Tendo ainda condições para ficar nas suas próprias casas, dedicam-se ao artesanato, e quando terminam o trabalho, elas próprias se espantam por serem capazes de fazer coisas tão bonitas…

Seguem alguns exemplos, sendo certo que existirão ainda outros espalhados pelo Alqueidão da Serra.

Benvinda, 85 anos

Lhuca 86 anos

Adélia Locádia 92 anos

(fotos de Janeiro de 2019)

Alice Rato –  84 anos

Inocêncio Gomes – 85 anos

Faz poesias, moinhos com materiais usados e moinhos de papel para as crianças da escola brincarem.

E há ainda os que se dedicam à agricultura e cuidam das suas hortas e jardins.

Porque não é só acrescentar anos à vida, é preciso também acrescentar vida aos anos, para além destas atividades, os que podem, ainda fazem umas caminhadas, quanto mais não seja chegar ao fundo da rua e voltar para trás 10 vezes.

Aos que não têm esta vontade devíamos acender neles este desejo e ajudá-los a praticar algum tipo de exercício físico para que pudessem ter uma vida mais equilibrada e saudável.

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Vida Social. ligação permanente.

Uma resposta a Mãos com Vida

  1. Antero Guerra diz:

    Que coisa linda!

    Gostar

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s