Adelaide Bomba

Chamava-se Maria Adelaide Vieira da Graça Machado de Almeida Bomba e nasceu na Calçada da Tapada, freguesia de Alcântara em Lisboa no dia 31 de Agosto de 1923.

Era seu pai, Emílio Vieira Machado que foi combatente na Grande Guerra e está no Panteão dos Combatentes no Alto de São João.

Sua mãe, Isaura Amélia, era filha de José Vieira Pedro, de alcunha “Rato” que era irmão da Júlia Correia (mãe da tia Nicas), e do Filipe (que era o dono do carvalho que está na Rua da Ti Maria Amada e que ainda hoje chamamos “o carvalho do Filipe).

Maria Adelaide era a mais nova de quatro irmãos. Estudou na escola primária da Calçada da Tapada, e depois entrou na Escola Comercial Ferreira Borges onde fez o curso comercial.

Paralelamente frequentou a escola particular das “Sás”, de formação feminina e musical. Os exames de pianos fê-los no Conservatório Nacional. Cantou no coro de Santa Cecília. Também gostava muito de desporto, foi atleta do Belenenses até casar.

Tinha um grande paixão por burros, que lhe veio do tempo de criança em que passava férias em casa do seu avô José, no Alqueidão da Serra. A casa do avô era na Rua de Nossa Senhora da Tojeirinha, e ele tinha uma burra muito inteligente. Chamavam-lhe “Malimboa”.

Quando o avô perguntava à Malimboa: Gostas da Laide? A burra fazia sempre um sinal afirmativo com a cabeça. Quando a mandavam ir ter com o dono a uma terra de cultivo onde ele estava, ela ia lá ter sozinha e nunca se enganava no caminho.

Quando já era adulta, Adelaide começou a comprar burros sempre que os encontrava. Os amigos sabiam que ela gostava e levavam-lhe um burrinho de presente sempre que a visitavam. A coleção foi crescendo e integrava burros de vários materiais, tamanhos e origens, incluindo objetos utilitários.

Quando faleceu em 2018, D. Adelaide tinha 94 anos. A sua filha Isabel ofereceu a coleção de 300 burrinhos à Junta de Freguesia do Alqueidão da Serra. São burrinhos de peluche, de madeira, de barro, de louça, ou seja dos mais variados materiais e tamanhos.

Os burrinhos estiveram em exposição no Auditório José da Silva Catarino em 12 de Agosto de 2018, e atualmente fazem parte da decoração da nossa Junta de Freguesia.

Junta de Freguesia de Alqueidão da Serra
Esta entrada foi publicada em Alqueidão. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s