Geração Filhó

As alcunhas também são hereditárias.

A Família Pereira é disto um exemplo porque tanto o pai como os filhos como alguns netos ficaram com a alcunha “Filhó”.

Começou quando, na Carreirancha, Manuel Pereira (Manuel Filhó) se casou com a Guilhermina Correia.

Tiveram 5 filhos:

  • Manuel Pereira (de alcunha Filhó – nome e alcunha igualzinho ao pai)
  • José Pereira (de alcunha Filhó – Zé Filhó)
  • Maria
  • Maria da Encarnação (nasceu a 6 de Março de 1905)
  • António Pereira

Manuel Pereira (Manuel Filhó)

Manuel Filhó casou com Maria da Silva, (uma das filhas da Ti Ana do Vitório), e tiveram 9 filhos todos eles de apelido “Silva Pereira”:

Nenhum deles ficou conhecido pela alcunha do pai.

José Pereira (Zé Filhó)

O Zé Filhó casou com Mónica da Silva.

Tiveram 5 filhos, todos eles de apelido “Silva Pereira“.

Narciso (falecido)

António

José Augusto

Manuel Gonçalo

Maria Filhó ( é Maria da Conceição) .

Maria Filhó com 2 irmãos: Augusto e Manuel Gonçalo

Maria

A Maria era casada com o Domingos (Conena), e tinha 7 filhos. Esta família decidiu deixar o Alqueidão da Serra e acabaram por se fixar em Casais da Arroteia, um lugar que pertence à freguesia de Malaqueijo, e foi lá, nos Casais da Arroteia, que a geração dos “Pereira” continuou.

  • Casais da Arroteia
  • Freguesia: Malaqueijo
    Concelho: Rio Maior
    Distrito: Santarém

Maria da Encarnação

Maria da Encarnação tinha a alcunha de “Maria Isaura” sabe-se lá porquê! Mas naquele tempo as madrinhas é que davam o nome aos afilhados, pode ser que a madrinha se chamasse Maria da Encarnação e desse esse nome à criança no batismo, mas os pais preferiam Maria Isaura, e por isso chamavam-lhe sempre Maria Isaura. É uma hipótese provável, que já ninguém consegue validar, porque já ninguém se lembra.

O certo é que a Maria Isaura se casou com Francisco e tiveram 8 filhos:

  • Maria Celeste de alcunha “Maria Isaura” que era a alcunha da mãe. Foi casada com o Alberto da ti Alexandrina.
  • Arlindo casado com a Maria José (filha da Maria Roubadora).
  • Graciete que mora atualmente no Canadá
  • Fernanda que mora atualmente no Canadá
  • Manuel da Costa Bértolo que já faleceu, e que era casado com a Maria da ti Clementina.
  • José da Costa Carreira que já faleceu, e que era casado com a Lucília da Carreirancha (Buçala)
  • Mário da Costa Bértolo que já faleceu e que era solteiro.
  • Olinda que faleceu no Canadá em 13 de Janeiro de 2022.

António Pereira

O António foi para o Brasil quando ainda era solteiro. Trabalhava nos navios e costumava andar embarcado. Um dos irmãos vendeu todos os seus terrenos no Alqueidão da Serra, e enviou todo o dinheiro lá para o Brasil. Nunca mais cá voltou. A geração dos “Pereira” continuou no Brasil…

Resumindo:

Esta alcunha já não vai passar para as gerações seguintes porque, dos mais novos, já cá não se conhece ninguém que responda por esta alcunha.

Agradecimentos

Agradeço à Olinda, ao Ti António, ao Zé Augusto, à Maria Filhó e à Maria Isaura por terem partilhado comigo as suas lembranças que permitiram fazer este trabalho. Muito obrigado.

Esta entrada foi publicada em Alqueidão. ligação permanente.

Uma resposta a Geração Filhó

  1. Tojeiro diz:

    Belo pedaço de história da minha infância e juventude . Vizinhos,colegas da fisga,comparses da macacada, e, sobretudo terror da vizinhança . .

    Gostar

Deixe uma Resposta para Tojeiro Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s