Maias

No Alqueidão chamamos Maias a um arbusto que na realidade se chama Madressilva.

Madressilva é uma designação pela qual são conhecidas diversas espécies de arbustos espontâneos que aparecem nos terrenos baldios durante os meses de Abril e Maio, e que vulgarmente chamamos “Maias”.

É uma planta nativa da Europa. As suas flores têm uma coloração creme ou branco-amarelada e um cheiro muito agradável, inconfundível. São muito procuradas para fins ornamentais.  Por ser uma planta muito bonita e aromática, é  cultivada nos jardins como trepadeira.

Mas para além disso esta planta tem também propriedades medicinais.

Partes usadas: Flores

Medicina Popular: Utilizada no tratamento de constipações e tosse. É um calmante e um antiespasmódico que se impõe nos casos de asma e tosse persistente. É também utilizada para estados febris, incluindo as dores da gripe e as inflamações das articulações.

Utilização: Colocar 15 gramas de flores secas, em infusão, num litro de água, durante 10 minutos. Beber 3 chavenas por dia.

 Maias

Maias é um outro arbusto que antigamente só aparecia na serra, e que os pastores identificavam como Maias das Penas, porque só aparecia junto às penas (por exemplo Penas do Ninho Corvo). Cá em baixo, mais junto à população só apareciam Madressilvas.

Atualmente as Maias aparecem por todo o lado, e a Madressilva está com uma clara tendência para desaparecer.

 

Esta entrada foi publicada em Plantas Medicinais. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s