Monumento

Baixo relevo, da autoria de Francisco Furriel, homenageando os homens que às suas custas rasgaram e construíram a estrada que liga Alqueidão da Serra a Bouceiros. Além do Major, aqui também esteve bem presente a acção do Padre Américo, José Catarino (Marinha)  e António (o Toino da Laura). Tudo partiu de uma reunião da Acção Católica.

Estávamos no ano de 1970. A população sentia uma dificuldade enorme em se deslocar até aos Bouceiros (outra localidade da Freguesia). Não existia estrada. A Câmara de Porto de Mós não desponibílizava os meios para a construir.

Por isso, os homens do Alqueidão reuniram-se em volta deste projecto. Formaram uma pequena equipa liderada pelo Major, pelo Rita, Mariola e ti Zé Catalão, e puseram mãos à obra.

Andaram de porta em porta pedindo às pessoas que colaborassem da forma que podiam. Conseguiram que alguns homens dessem um dia de trabalho por semana na construção da estrada, e também muitos donativos. Fizerem peditórios, festas no Largo das Calhandreiras, sorteios, etc.

O Padre Américo apelava aos paroquianos para ajudarem nas obras, os emigrantes enviaram algum dinheiro, e finalmente conseguiram algum apoio da Câmara Municipal.

Esta entrada foi publicada em Património Arquitectónico. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s