Quaresma

Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecede a principal festa do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, que se comemora no domingo de Páscoa.

Cerca de duzentos anos depois do nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Foi por volta do ano 350 d.C. que a Igreja decidiu aumentar o tempo de preparação para quarenta dias.

A Quaresma começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira da Semana Santa. É o período de preparação para a Páscoa, reservado à reflexão e conversão espiritual, no qual os cristãos se recolhem em oração, jejum e penitência para preparar o seu espírito.

É muito usual em tempo de Quaresma fazer-se o exercício da Via Sacra, que consiste em que os fiéis percorram, mentalmente, a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o Pretório de Pilatos até o monte Calvário, meditando simultaneamente na Paixão de Cristo.

A Via Sacra teve origem na época das Cruzadas (do século XI ao século XIII): os fiéis que, então, percorriam, na Terra Santa, os lugares sagrados da Paixão de Cristo, quiseram reproduzir, no Ocidente, a peregrinação feita ao longo da Via Dolorosa em Jerusalém.

O exercício da via-sacra é uma reflexão que consta de quatorze etapas, (estações) cada uma delas apresentando uma cena da Paixão a ser meditada pelo discípulo de Cristo:

1ª Estação: Jesus é condenado à morte
2ª Estação: Jesus carrega a cruz às costas
3ª Estação: Jesus cai pela primeira vez
4ª Estação: Jesus encontra a sua Mãe
5ªEstação: Simão Cirineu ajuda a Jesus
6ª Estação: Verônica limpa o rosto de Jesus
7ª Estação: Jesus cai pela segunda vez
8ª Estação: Jesus encontra as mulheres de Jerusalém
9ª Estação: Terceira queda de Jesus
10ª Estação: Jesus é despojado de suas vestes
11ª Estação: Jesus é pregado na cruz
12ª Estação: Jesus morre na cruz
13ª Estação: Jesus é descido da cruz
14ª Estação: Jesus é Sepultado
 

Durante a Quaresma os sacerdotes que presidem às celebrações usam a cor roxa, que simboliza tristeza e dor.

Esta entrada foi publicada em Costumes e Tradições. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s