13 de Julho

Corria o ano de 1917. Manuel Vieira Amado, que percorria as aldeias da Serra D’Aire prestando cuidados de saúde a quem precisava, trouxe a notícia para o Alqueidão da Serra: “Três crianças afirmavam ter visto Nossa Senhora enquanto guardavam os rebanhos na Cova da Iria”.

Ouviram depois dizer que Nossa Senhora tinha pedido às crianças para irem aquele mesmo lugar durante seis meses seguidos, sempre no dia 13, e que depois lhes diria quem era e o que queria.

Nossa Senhora e Pastorinhos

Aparição de 13 de Julho de 1917

Seria o terceiro encontro com Nossa Senhora e Lúcia tinha resolvido  não ir à Cova da Iria, mas ao aproximar da hora, numa sexta-feira, sentiu-se impelida por uma força estranha à qual não conseguiu resistir.

Foi ter com os primos,  que encontrou no quarto de joelhos, a chorar e a rezar porque não queriam ir sem Lúcia. Então, as três crianças puseram-se a caminho.

Quando chegaram ao local onde tinham ocorridos as duas aparições anteriores, ficaram surpreendidos com as mais de 2 mil pessoas que aguardavam o extraordinário acontecimento.

O Sr Marto (pai de Francisco e Jacinta) disse que viu uma nuvenzinha acinzentada pairar por cima da azinheira, enquanto o sol se turvava e soprava uma fresca aragem.

“Quero que venham aqui no dia 13 do mês que vem; que continuem a rezar o Terço todos os dias em honra de Nossa Senhora do Rosário, para obter a paz do mundo e o fim da guerra, porque só Ela lhes poderá valer”.

E Lúcia disse que Nossa Senhora pediu para eles se sacrificarem pelos pecadores e dizerem muitas vezes, em especial sempre que fizerem algum sacrifício:

“Ó Jesus, é por Vosso amor, pela conversão dos pecadores, e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria”.

Nossa Senhora revelou nesta altura aos três pastorinhos a primeira parte do segredo de Fátima: a visão do inferno, e a segunda parte do segredo: o anúncio do Castigo e dos meios para evitá-lo.

A terceira parte do segredo permaneceu desconhecida até 26 de junho de 2000, altura em que foi divulgada por determinação do Papa João Paulo II.

Nossa Senhora, então, elevou-se em direção ao nascente, até desaparecer no firmamento. O Sr. Marto disse que o final da aparição foi  indicado por uma espécie de trovão.

Nossa Senhora e Pastorinhos

Peregrinação Aniversária de 13 de Julho de 2016

O Santuário de Fátima vai dedicar a peregrinação internacional de 12 e 13 de julho de 2016 à oração pela paz na Síria, seguindo as indicações do Papa Francisco.

Esta entrada foi publicada em Devoções. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s