Casal Duro

20 de Fevereiro de 1972

Transcrição do artigo publicado no jornal “Voz de Mira de Aire”

“A população do Casal do Duro viveu um dos maiores dias da sua história. Depois de ter sofrido, durante tantos anos, a privação da energia eléctrica que se tornou o elemento essencial à vida não apenas industrial e comercial, mas também doméstica e depois de sentir amargo isolamento por falta de vias de comunicação, viu chegado o momento de receber estes dois benefícios: a luz eléctrica e a estrada alcatroada.
 
E não podia deixar de manifestar a sua alegria. Por isso, houve festa na terra a que quiseram associar-se um grupo de convidados.
 
Foi no dia 20 de Fevereiro. Às 17 horas, todo o povo do Casal do Duro e alguns vizinhos se juntaram próximo do velho edifício escolar para receber o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Sr. Vice-Presidente, o secretário da Câmara, o Sr. Prof. Mesquita, o Sr. Sargento Ribeiro.
 
Depois de cortar a fita simbólica dirigiram-se para junto da cabine eléctrica onde foi feita a ligação. O Sr. Prior benzeu a cabine eléctrica. Seguiu-se uma sessão de boas-vindas, ao ar livre. Falou pelo povo do Casal do Duro o Sr. Prior do Alqueidão, que manifestou o seu contentamento pelos benefícios concedidos a este lugar, agradecendo ao mesmo tempo, a oportunidade que lhe deram de conviver com este povo com o qual começou a compartilhar desde que deu entrada na Freguesia, há pouco mais de um mês.
 
O Sr. Presidente da Câmara usou da palavra em seguida. Historiou, a concretização do sonho dos povos agora beneficiados (Covão da Carvalha e Casal do Duro) e informou como se conseguiu tão rapidamente a sua concretização desde que foi elaborado o processo. Enalteceu a colaboração dada pelos povos beneficiados que se concretizou em cerca de uma centena de contos. Referiu ainda o Sr. Presidente a colaboração pronta, prestada pela “Seol” em ordem à construção da cabine e fornecimento da luz eléctrica.
 
À noite, no edifício da Escola, foi oferecido um lauto jantar. Além dos convidados participaram os membros da Comissão do Casal do Duro. Houve brindes em que usaram da palavra o Rev.º P.e Américo, ex-pároco do Alqueidão, o Sr. Dr. Luciano Justo Ramos, o Rev.º P.e Faria e o Sr. Presidente da Câmara. Foram enaltecidas as virtudes deste povo, realçando algumas das suas necessidades mais urgentes e apresentadas as vias de solução que se começaram a percorrer.
 
“Voz de Mira de Aire” que esteve representada, agradece o convite que lhe foi dirigido e apresenta os seus parabéns ao povo do Casal do Duro, nomeadamente à comissão promotora das inaugurações.”
 
monumento-no-casal-duro-2
 

 

Esta entrada foi publicada em Datas com História. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s