Festa em Honra de Nossa Senhora 2017

Em 2017 a festa em honra de Nossa Senhora esteve sob a responsabilidade dos nascidos em 1977, que, no que respeita à organização do espaço da Festa, decidiram colocar o palco de costas para a estrada, tapando a entrada principal do adro, tal como já tinha acontecido o ano passado.

Este ano decidiram tapar também a Rua Frei Diogo de Santo Alberto, por onde nem a pé se podia passar. Daí resultou que o espaço dentro do Adro ficou maior, mas muito fechado, ficando atrofiada a passagem para as casas de banho, e dificultada a livre circulação das pessoas que, para chegar à Rua de Cima tinham que passar pelo meio da Festa.

Mas não faltaram espaços acolhedores para o pessoal se divertir e se sentir bem. Foram três dias de diversão, com música para todos os gostos, quermesse, raspadinhas, matraquilhos, restaurante, bar, café d’avó e coscurões, insufláveis e pinturas faciais para as crianças, etc.

Os elementos da comissão começaram a trabalhar algumas semanas antes da festa, aos sábados e no tempo que tinham disponível, para a montagem do palco e outras estruturas, limpezas, decoração do espaço e ruas por onde passa a procissão, tendo para isso a colaboração do CEP e de alguns elementos da Junta de Freguesia.

Também em cada zona as pessoas se juntaram nos preparativos para fazer os andores, arranjando donativos e tratando de fazer o pão caseiro, as chouriças, as cavacas e os bolos.

Sexta-feira à noite, em cada rua de onde vai sair um andor, as mulheres juntam-se para amassar os bolos que ficam a levedar para cozer no sábado da festa.

Sábado logo pela manhã toda a nossa gente trabalhava nos preparativos finais. Para além da comissão das festas, estava presente o habitual electricista das Festas que já trabalha neste serviço há 19 anos, e não faltou a colaboração do CEP, da Junta de Freguesia, de alguns voluntários, das zeladoras da igreja, e da Ilda que tratou da decoração da Igreja e dos andores que ficaram lindíssimos.

Tal como manda a tradição a Festa em Honra de Nossa Senhora começou no sábado com a Missa Vespertina, a que se seguiu o arraial pela noite dentro.

Este ano não estalaram os foguetes, nem houve fogo de artifício, que, por serem atividades de risco, estavam proibidas devido ao tempo extremamente quente.

Foi ainda no sábado que abriu a exposição dos trabalhos das bordadeiras do Alqueidão, que decorreu no Centro de Dia durante os dias da Festa, tal como tem sido habitual nos últimos anos.

No domingo, a Banda Filarmónica de S.Tiago – Marrazes, chegou por volta das 08:30 horas e como manda a tradição a primeira coisa que fez foi a saudação a Nossa Senhora, a rainha da Festa.

A banda seguiu depois em direção à sede da Junta de Freguesia para fazer a saudação às Autoridades Locais. O Presidente da Junta fez um pequeno discurso cumprimentando e acolhendo os elementos da Banda que depois convidou para o pequeno almoço que estava preparado nas instalações da Junta.

Começou então o trabalho de recolha dos Andores percorrendo todas as ruas, juntando todos em procissão a caminho da Igreja. Neste percurso seguem os elementos do CEP e mais um elemento da Comissão das Festas. Levam a Bandeira e a sacola para os donativos para a Festa.

Primeiro o andor dos Casais dos Vales que é o ponto mais distante, seguindo para a Carreirancha, depois Rua da Tojeira. Normalmente a paragem é no Jardim da Barreira com um lanchinho oferecido pelos emigrantes que preparam o andor do Ausente. Este ano o andor do Ausente saiu de casa do Coluna e foi nesse local a paragem para o lanchinho.

E segue a Banda para recolher o andor da Rua da Escola que sai desde há muitos anos do Beco dos Calvários, que têm sempre preparadas umas bebidas e uns bolinhos para o pessoal.

Este ano também saiu um andor da Carreirinha. Porque celebramos o centenário das aparições e porque em Fátima nossa senhora pediu que se rezasse o terço todos os dias para obter a paz, nesta festa em honra de Nossa Senhora o andor da Carreirinha foi decorado com terços que foram benzidos no decorrer da missa e vendidos durante os dias de Festa.

Não existiu este ano o Andor da Criança, o que deixou as crianças um pouco frustradas porque não tinham nada para vender durante os dias da festa.

O andor do Fundo do Lugar saiu do Jardim das Oliveiras, por isso não se fez a habitual paragem no Cruzeiro, seguindo o Banda para o Barreiro da Lage.

Na volta só falta o andor da Rua de Cima, que costuma sair de casa da Natércia, mas este ano saiu de casa de um elemento da comissão da festa.

Terminou a procissão dos andores no adro da Igreja às 11:45 horas.

A missa do Meio Dia foi presidida como habitualmente pelo padre José Frazão Correia e teve a participação do Coral Calçada Romana. No decorrer desta Celebração, para além da benção do terços do Andor da Carreirinha foi feita a entronização das Relíquias dos Pastorinhos.

Logo a seguir à missa teve lugar a habitual procissão pelas ruas enfeitadas com colchas e flores, levando as imagens de Nossa Senhora e São José, o Pálio com o Sagrado Viático, os andores de bolos cavacas e outras ofertas, a banda filarmónica e muita gente.

Chegou a Hora de Almoço. O pessoal da Comissão das Festas não teve mãos a medir para servir os almoços, com a Casa de São José cheia de gente, e todos os pedidos de frango assado e morcela do Alqueidão para levar para casa.

No decorrer da tarde estiveram abertos os bares e a quermesse, foram vendidos no adro os bolos e cavacas, pão caseiro e chouriças que compunham os andores, e atuou o Rancho Folclórico do Reguengo do Fetal para animar a malta.

Por volta das cinco horas da tarde a Banda Filarmónica de S. Tiago – Marrazes entrou na Igreja para se despedir de Nossa Senhora, e nessa altura os Festeiros de 77 passaram a bandeira para os nascidos em 1978, responsabilizando-os pela organização da Festa do próximo ano.

E a festa continuou com música e diversão pela noite dentro…

Segunda-Feira da Festa

A Segunda-Feira da Festa é tradicionalmente dedicada ao Emigrante.

A Missa das três horas da tarde foi celebrada pelas intenções dos nossos emigrantes e teve a participação ativa de muitos deles que aqui se encontram de férias.

A Bandinha Mirense acompanhou a procissão com o Santíssimo Sacramento, e ficou a animar a tarde até à chegada do grupo musical.

Akhorda, foi o grupo musical que animou o serão.

Terça-Feira depois da Festa

Homenagem aos nossos familiares falecidos

Esta é uma tradição muito antiga e muito significativa. Já se fazia a romagem ao cemitério nos anos anteriores a 1960, quando não existiam campas e o cemitério não era cuidado, tendo apenas roseiras que eram cuidadas pelos padres, e alecrim.

A partir de 1960 começaram a aparecer as primeiras campas e foi existindo ao longo do tempo uma preocupação com a limpeza do cemitério. Atualmente a limpeza  e manutenção do cemitério está ao cuidado  da Junta de Freguesia.

A tradição mantêm-se até aos dias de hoje. A missa pelas almas foi às 08:00, e de seguida a romagem ao cemitério levando as flores do andor de Nossa Senhora para homenagear aqueles que tanto trabalharam nesta terra, e que agora vivem nos nossos corações.

Terminada a festa, não terminou ainda o trabalho dos festeiros que iniciam os trabalhos de limpeza e desmontagem do palco e das outras estruturas.

Agradecimentos à comissão das Festas (Herlander Laranjeiro, Andreia Saragoça, Eva Santos, Sofia Santos, Sofia Carvalho, Telmo Marto, Marco Brazete, Nuno F. C. Santos, Carla Santos, Dominique Lage, Catarina Marques, Filipe Lopes) e a todos os que de alguma forma colaboraram para que esta festa fosse possível. Que Nossa Senhora aceite a oferta do vosso trabalho, e vos guarde e proteja todos os dias da vossa vida.

Felicidades para os nascidos em 1978 que vão organizar festa do próximo ano.

 

 

Esta entrada foi publicada em Festas Tradicionais. ligação permanente.

Obrigado pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s