Arquivo da Categoria: Património Imaterial

Apanha da Azeitona

Cantiga Antiga Azeitona miudinha Já morreu quem te apanhava Fica por esse chão espalhada… A azeitona já está pronta Já está capaz de armar aos tordos É tempo, menina, de arranjares amores novos! Ó rapaz do chapéu preto Que vens … Continuar a ler

Publicado em Património Imaterial | Publicar um comentário

Cantiga das Eiras

Por ter fugido de meus pais Sou mais uma desgraçada Estendo a mão à caridade Pelas esquinas encostada. A família abandonei Sem nada me lembrar Deixei tudo arrastar No futuro não pensei O homem a quem amei Deixou-me sem mais … Continuar a ler

Publicado em Património Imaterial | Publicar um comentário

Cantigas Antigas

Cantavam-se nas vindimas, na apanha da azeitona, na ceifa, nos serões… Estes rapazes de agora Estes, que de agora são Trazem o relógio ao peito Não sabem que horas são. Ando triste como a noite Nem o dinheiro me alegra … Continuar a ler

Publicado em Património Imaterial | Publicar um comentário

Terra de Alcunhas

Falar de alcunhas é muito engraçado, até nós próprios sabermos que temos uma, porque ela nem sempre surge pelos melhores motivos. No Alqueidão, entre adultos e crianças é normal o emprego da alcunha. Desde sempre assim foi, e sempre continuará … Continuar a ler

Publicado em Património Imaterial | 7 Comentários

Musica Tradicional

As musicas que eram cantadas tradicionalmente nas festas populares e religiosas de antigamente, foram deixando de se cantar, e com o passar do tempo entraram para o rol das coisas esquecidas. Alfredo de Matos escreveu as letras dessas musicas que eram cantadas … Continuar a ler

Publicado em Património Imaterial | 1 Comentário